sexta-feira, 4 de setembro de 2009

ORGANIZAÇÃO DO TRABALHO


Considera-se que a Ergonomia tem os seus objetivos centrados na humanização do trabalho e na melhoria da produtividade.

As condições de trabalho incluem todos os fatores que possam influenciar na performance e satisfação dos trabalhadores na organização.

Isso envolve o trabalho específico, o ambiente, a tarefa, a jornada de trabalho, o horário de trabalho, salários, além de outros fatores cruciais relacionados com a qualidade de vida no trabalho, tais como nutrição, nível de atividade física habitual e todas condições de saúde em geral.

O desempenho dos indivíduos dentro de uma organização está diretamente ligado à conformidade entre os seus valores pessoais e os valores da organização, ou seja, a cultura, e o clima organizacional.

É evidente, também, que em função desta conformidade, o empregado passa a sentir-se como parceiro e participante do processo, resultando a sua conveniência dentro da organização não somente na satisfação das suas necessidades econômicas, mas também, na realização das suas necessidades de auto rea17.6.1. A organização do trabalho deve ser adequada às características psicofisiológicas dos trabalhadores e à natureza do trabalho a ser executado.

NR-17 ERGONOMIA

17.6.2. A organização do trabalho, para efeito desta NR, deve levar em consideração, no mínimo:

a) as normas de produção;

b) o modo operatório;

c) a exigência de tempo;

d) a determinação do conteúdo de tempo;

e) o ritmo de trabalho;

f) o conteúdo das tarefas.

17.6.3. Nas atividades que exijam sobrecarga muscular estática ou dinâmica do pescoço, ombros, dorso e membros superiores e inferiores, e a partir da análise ergonômica do trabalho, deve ser observado o seguinte:

a) para efeito de remuneração e vantagens de qualquer espécie deve levar em consideração as repercussões sobre a saúde dos trabalhadores;

b) devem ser incluídas pausas para descanso;

c) quando do retorno do trabalho, após qualquer tipo de afastamento igual ou superior a 15 (quinze) dias, a exigência de produção deverá permitir um retorno gradativo aos níveis de produção vigentes na época anterior ao afastamento.

e) quando do retorno ao trabalho, após qualquer tipo de afastamento igual ou superior a 15 (quinze) dias, a exigência de produção em relação ao número de tóques deverá ser iniciado em níveis inferiores do máximo estabelecido na alínea "b" e ser ampliada progressivamente.


Para executar qualquer tarefa com sucesso, é preciso que nos

organizemos antes.

Organizar significa pensar antes de iniciarmos a tarefa.


PENSAR--Mas pensar em quê?

  1. Na maneira mais simples de fazer a tarefa, evitando complicações ou controles exagerados.
  2. No modo mais barato de fazer a tarefa.
  3. No meio menos cansativo para quem vai realizar a tarefa.
  4. Num procedimento que seja mais rápido.
  5. Em obter a melhor qualidade e o resultado mais confiável.
  6. Na maneira menos perigosa de fazer a tarefa.
  7. Numa forma de trabalho que não prejudique o meio ambiente, ou seja, que não cause poluição do ar, da água e do solo.
  8. É FÁCIL TRATAR CADA UM DESSES ITENS ISOLADAMENTE PARA TOMAR PROVIDÊNCIAS.
  9. O problema surge quando desejamos tratar todos os itens juntos. Podemos, por exemplo, escolher uma forma mais rápida de realizar uma tarefa.
  10. Entretanto, essa forma pode afetar a qualidade e a segurança, tornando o trabalho perigoso.
  11. Se, por exemplo, precisamos trocar rapidamente uma lâmpada queimada sobre a máquina de trabalho, podemos fazer a troca subindo na máquina.
  12. Mas esse procedimento não é bom, porque pode nos levar a um acidente.
  13. O correto seria usarmos uma escada.
  14. A tarefa seria mais demorada mas a segurança e a qualidade estariam asseguradas.
  15. Portanto, todos os itens devem ser pensados juntos, para que no final haja equilíbrio entre eles, de modo que um não prejudique o outro.
  16. Além disso, precisamos pensar, também, na quantidade e qualidade das pessoas e dos materiais necessários, na hora e no local em que eles devem estar.
  17. O que precisamos providenciar, antes de iniciar o trabalho?
  18. Material adequado
  19. Ferramentas adequadas e em bom estado
  20. Veículo com equipamento adequado.
  21. Equipamentos de segurança, individuais e coletivos
  22. Tempo necessário
  23. Pessoal qualificado.
  24. Ordem de serviço
  25. Comunicação aos setores envolvidos.

Quando fazemos, com antecedência, um estudo de todos os fatores que vão interferir no trabalho e reunimos o que é necessário para a sua execução, estamos organizando o trabalho para alcançar bons resultados.




Ritmo

O trabalho deve ser feito com ritmo, ou seja, cadência.

Quando andamos uma longa distância, devemos manter um ritmo constante, de modo que não nos cansemos andando muito rápido, nem demoremos andando muito devagar.


Mas é preciso lembrar que cada pessoa tem um ritmo próprio.

Assim, o trabalhador deve seguir o seu próprio ritmo e mantê-lo constantemente.

Um movimento excessivamente rápido, além de cansar quem por exemplo está serrando, pode resultar num corte malfeito, sem boa qualidade.

Também pode causar redução da produção pois o trabalhador, após excessivo esforço, vê-se obrigado a parar por muito cansaço.

UM LUGAR PARA CADA COISA

Deve haver sempre um lugar para cada coisa e cada coisa deve estar sempre em seu lugar.

Pondo isso, em prática, evitam-se fadiga, perda de tempo e irritação por não se encontrar o que se necessita.

Um exemplo desse princípio de ordem e organização é o dos quadros de oficinas mecânicas, que apresentam contornos das ferramentas a fim de que cada uma volte sempre ao seu local.


OBJETOS EM ORDEM



Objetos em ordem facilitam o trabalho.

Se, numa seqüência de operações, você usa ferramentas ou outros objetos, procure colocá-los na mesma ordem da seqüência de uso e na zona em que vai trabalhar.

Os objetos de uso mais freqüente devem ficar mais próximos de você.




FATORES AMBIENTAIS


Outros fatores, como iluminação, barulho, temperatura etc., devem ser considerados para aumentar ou diminuir a produtividade e assegurar a qualidade do serviço que está sendo feito.




FERRAMENTAS



As ferramentas devem ser adequadas ao trabalho, tanto no tipo quanto no tamanho.

Por exemplo, para pregar pregos pequenos, devemos usar martelos pequenos e para pregos grandes, martelos grandes.

Devemos apertar uma porca com chave de boca com tamanho e tipo apropriados.

Seria incorreto usar um alicate.





ISTO É UMA ORGANIZAÇÃO QUE PRODUZ ?